Como começar uma estratégia de Marketing de Conteúdo para lojas virtuais

Como começar uma estratégia de Marketing de Conteúdo para lojas virtuais

Nesse artigo, o pessoal da RockContent mostra os principais pontos para começar uma estratégia de Marketing de Conteúdo para seu e-commerce.

A criação de conteúdo é uma das principais formas de atrair clientes pela web hoje em dia, não importa o segmento de mercado ou mesmo o tamanho da empresa que deseja investir na criação de um blog e em uma estratégia bem planejada de Marketing de Conteúdo.

A prova disso é que essa estratégia tem sido usada com sucesso por diversos tipos de negócios, desde instituições de ensino até empresas de buffet!

Da mesma forma, implementar o marketing de conteúdo para lojas virtuais pode trazer ótimos resultados, como aumento das vendas e fortalecimento da marca.

Quer saber como iniciar um planejamento de marketing de conteúdo para o seu e-commerce? Vamos te mostrar tudo que você precisa para isso!

Planejando a sua estratégia de conteúdo

O planejamento inicial será determinante para o sucesso ou fracasso da sua estratégia. Definir as prioridades certas desde o início e trabalhar nelas com um propósito fará toda a diferença mais a frente.

E por falar em prioridades, dê atenção a esses 3 elementos:

Definição de objetivos

Há diversos objetivos que você pode ter em mente ao iniciar um plano de marketing de conteúdo para a sua loja virtual, então tire um tempo para considerar quais deles realmente deseja buscar no momento.

Caso contrário, o seu plano será vago demais e dificilmente dará algum retorno positivo. Entre os alvos que podem ser alcançados, estão:

  • aumentar as vendas;
  • diminuir o custo por venda;
  • aumentar o ticket médio da loja;
  • gerar exposição para a marca;
  • fidelizar os clientes atuais;
  • promover o lançamento de uma nova coleção;
  • Entre outros.

Dependendo do que você definir nessa etapa do planejamento, todas as demais ações serão afetadas mais tarde. Então, se concentre em um (ou mais) dos itens listados e trace um plano de ação.

Escolha de indicadores de desempenho

Depois de escolher os objetivos que deseja alcançar, como saber se está perto de atingi-los ou não? Escolhendo indicadores de desempenho, também chamados de KPIs.

Há muitos indicadores disponíveis para medir praticamente qualquer aspecto de uma estratégia de marketing de conteúdo, mas você deve concentrar apenas naqueles que são essenciais para acompanhar o progresso dos objetivos que definiu.
Alguns KPIs úteis para um e-commerce são:

  • CAC (custo de aquisição por cliente);
  • LTV (Lifetime Value, ou valor vitalício do cliente);
  • ticket médio;
  • taxa de conversão;
  • compartilhamentos sociais;
  • E muitos outros (muitos mesmo!).

Os KPIs escolhidos precisam ser importantes para o seu negócio, fáceis de entender e, principalmente, trazer dados relevantes para realizar melhorias práticas.

Criação de personas

Uma coisa é certa: o seu conteúdo só vai ser bem-sucedido se for certeiro em atender as necessidades do público certo na hora certa. Parece complicado demais?

É aí que entram as personas! Elas ajudam a direcionar a sua produção de conteúdo e fazer com que ele seja relevante para o público. Mas, o que é isso, afinal?

Persona é uma representação semificcional do cliente ideal, criada com base em um perfil de quem normalmente compra no seu e-commerce.

Diferente do perfil de público-alvo, que é bem mais impessoal e abrangente, a persona dá um rosto a esse público, busca entender sua forma de pensar, suas preocupações, aspirações, etc.
Para criar personas, as melhores formas são:

  • entrevistas com clientes;
  • pesquisas de mercado;
  • pesquisas online.

O resultado desse esforço é um conteúdo realmente personalizado e útil, que terá muito mais chances de engajar os leitores e aproximá-los das sua marca.

3 elementos indispensáveis para criar conteúdo que gera resultados

A produção e divulgação do conteúdo também merecem muita atenção, já que falhar em um desses dois aspectos do planejamento seria fatal para as suas ambições de marketing.

Por outro lado, por seguir as 3 dicas abaixo, sua loja virtual estará no caminho certo para extrair o máximo que o marketing de conteúdo tem a oferecer:

Priorize a qualidade

A qualidade do conteúdo é muito mais importante que a quantidade, e é nesse ponto que você deve se concentrar em primeiro lugar.

De nada vale ter um grande número de posts publicados no blog se estes forem superficiais e irrelevantes. Por outro lado, poucas peças bem produzidas podem gerar resultados impressionantes.

Como começar uma estratégia de Marketing de Conteúdo para lojas virtuais - parte 1Como se certificar de que todos os seus posts (e outros materiais, como e-books) vão seguir um alto padrão de qualidade? Uma boa ideia é seguir um checklist de postagens.

Assim, ficará mais fácil acompanhar se cada um dos seus artigos possui certos elementos-chave que o destacarão aos olhos da audiência e aumentarão o engajamento.

Seja consistente nas postagens

Outra ação indispensável é manter a frequência das postagens. As pessoas querem saber quando poderão acessar conteúdo atualizado no seu blog.

Em vez de publicar 5 posts em um dia e ficar 1 mês sem postar mais nada, não concorda que seria bem melhor soltar um post por semana?

Por mais simples que seja, essa ação deixa claro que os leitores podem visitar o seu blog regularmente, pois sempre encontrarão algo novo e de qualidade para ajudá-los.

Sendo assim, monte um calendário editorial e não deixe de segui-lo. Isso fará com que os seus posts sejam sempre bem distribuídos, além de facilitar bastante o processo de divulgação.

Use bem as redes sociais

As redes sociais são melhores amigas da sua loja virtual no que diz respeito a se aproximar do público, criar uma audiência e promover os produtos que vende.

Mas, note que não basta estar presente, é preciso marcar presença nas redes sociais! Qual a diferença? A postura!

Criar um perfil e só postar qualquer coisa é estar presente nas redes sociais. Já marcar presença envolve muito mais: saber interagir com os seguidores, criar conteúdo interessante, postar nas horas certas, etc.

Uma regra de ouro nesse caso é sempre falar sobre os assuntos que são de interesse da persona, e não do seu e-commerce.

Qual o impacto do marketing de conteúdo para o seu e-commerce?

Não restam dúvidas de que vale a pena usar o marketing de conteúdo para lojas virtuais, mas qual deve ser o papel dele nos seus esforços de marketing como um todo?

Será que deve ser usado apenas como um complemento de outras estratégias ou ser a sua principal forma de atrair clientes?

Ver alguns dos benefícios trazidos por ele ajudará a responder essa pergunta:

Fortalecimento de marca

Os consumidores desejam se conectar com as suas marcas favoritas, e por meio do conteúdo isso acontece de maneira fácil e espontânea.

Considerando a exposição das redes sociais, mecanismos de busca e até a promoção “boca a boca”, o número de pessoas em contato com o seu negócio crescerá bastante.

Naturalmente, a exposição da marca aumenta, assim como a sua credibilidade, o que por sua vez amplia o poder de convencimento junto a propensos compradores.

Fidelização dos clientes

Pense em como o conteúdo pode influenciar até mesmo a percepção que seus clientes atuais têm da sua loja.

Se hoje eles compram de você motivados por fatores como preço e qualidade do produto, pode ser que encontrem isso também em um concorrente.

Por outro lado, se estiverem engajados com a marca por conta dos materiais que você cria, esse relacionamento não será rompido tão facilmente.

Ticket médio maior

Uma das melhores formas de aumentar os lucros de um e-commerce é por investir em táticas que visam aumentar o ticket médio.

Afinal, se o cliente já está decidido a comprar, é mais fácil convencê-lo a levar mais um item ou escolher uma opção de preço maior, por exemplo.

E o marketing de conteúdo para lojas virtuais é uma das armas que estão à sua disposição para executar essa missão. Como?

Quanto maior o tempo de permanência no seu site, maiores as chances de o consumidor acabar comprando algo e ser impactado por técnicas de cross-selling e up-selling.

Aumento das vendas

Conteúdo de qualidade gera tráfego e engajamento, que, consequentemente, contribuem para as vendas. É simples assim. Mas, por que podemos dizer isso?

Por ajudar as personas de forma constante, se tornará a primeira opção na mente delas assim que precisarem de um produto que você oferece.

Aliás, pode esperar também que elas recomendem a sua loja para amigos e conhecidos, que já chegarão até o site com uma confiança maior para comprar.

Pós-venda melhor

Muitos empreendedores não se dão conta, mas a verdade é que o pós-venda representa uma parte crucial do processo de marketing. Por quê?

Um pós-venda de qualidade é peça-chave para manter os clientes satisfeitos e leais mesmo quando algo dá errado.

O marketing de conteúdo bem feito consiste em manter o relacionamento saudável com os clientes muito depois da compra.

É seguro dizer que o marketing de conteúdo para lojas virtuais já está transformando a forma como se compra e vende pela web, e aplicar uma estratégia desse tipo trará um retorno expressivo e duradouro para o seu e-commerce.

Manter uma loja virtual relevante é sempre um desafio, não é mesmo? Por isso, aprenda como reduzir bastante o abandono de carrinho no seu e-commerce!

*Conteúdo produzido por RockContent.

Google vs Symantec – a guerra digital sobre Certificado SSL
A seguir:

Google vs Symantec - a guerra digital sobre Certificado SSL

Google vs Symantec - a guerra digital sobre Certificado SSL