Cloud no Brasil ou EUA?

Cloud no Brasil ou EUA?

O impacto gerado pelo aumento do dólar é visível em diversas áreas de atuação no Brasil, e claro a área de TI e serviços de Cloud Hosting não estão de fora, já que muitos recursos e softwares utilizados para garantir o funcionamento dos serviços são locados ou comprados com USD (Dólar).

O fato é que muito dos serviços de Cloud Hosting também estão disponíveis no Brasil com pagamento em Reais e nem sempre são feitas comparações para saber qual o melhor custo benefício, e com a cotação do dólar em alta esta comparação ajuda cada vez mais a escolher um bom serviço com o melhor custo benefício.

Para ajudar os consumidores a saberem se realmente ainda vale a pena contratar um serviço de Cloud onde o seu valor é pago em USD, vamos comparar o serviço oferecido pela SECNET em Reais com o serviço da AWS (Amazon Web Services) pago em USD.

Com a cotação hoje (21/09/2015) em R$3,99 + 6,38% de IOF (No Cartão de Crédito) já temos como calcular o valor do dólar e dos serviços.

Cloud Server

Alta disponibilidade sobre uma infraestrutura 100% redundante, de alto desempenho, escalável, monitorada e gerenciada.

Saiba Mais

Cloud no Brasil ou EUA? – Comparativo

Criamos uma tabela comparativa com a cotação do mesmo serviço na AWS e na SECNET, assim podemos ver se vale mais a pena contratar um Cloud no Brasil ou EUA.

Tabela Amazon Web Services
Dados retirados do site http://calculator.s3.amazonaws.com/index.html no dia 21/09/2015

Comparamos um serviço de Cloud Hosting com os recursos do servidor exatamente iguais para que as estatísticas fossem as mais fiéis possíveis e o desempenho equivalente.

Como podem ver o único recurso que não tem as mesmas características na tabela é o Backup, isso porque na AWS você adquiri à parte gerando um custo adicional e nos serviços disponibilizados pela SECNET já está incluso no plano.

É interessante levar em consideração que ao contratar qualquer serviço na SECNET o gerenciamento e otimização do servidor fica por conta da empresa, garantindo que servidor estará sempre “saudável” para rodas suas aplicações.

Lembrando que no sistema de cobrança da AWS não estão inclusos os impostos e o recolhimento de tarifas é por conta do cliente.

E o suporte?

O suporte como sabemos é um fator muito importante no momento da contratação do serviço pois precisamos de auxílio quando há alguma instabilidade no servidor ou qualquer outra situação adversa.

Por padrão a AWS oferece um suporte de nível básico gratuitamente para qualquer consumidor, e caso você precise de mais atenção será necessário fazer algum investimento, que se inicia em US$49.90/mês no plano de suporte “Desenvolvedor”, já nos planos superiores você paga de 3% a 10% do valor mensal dos seus serviços.

Suporte Amazon Web Serivces
Imagem retirada do site – https://aws.amazon.com/pt/premiumsupport/ no dia 21/09/2015

A SECNET disponibiliza suporte de nível avançado incluso em qualquer serviço contratado, assim o consumidor tem toda a ajuda que precisa para manter o seu serviço estável sem complicações.Com esta breve comparação você já pode ter uma ideia da situação em que o mercado de hosting se encontra em relação ao Brasil e EUA, e assim pode escolher o serviço mais vantajoso para você.

Lembrando que este conteúdo é de utilidade pública, afim apenas de informar os benefícios de comprar serviços nacionais com a alta do dólar.

Se você gostou deste conteúdo, peço que ajude mais pessoas a escolherem o Cloud no Brasil ou EUA, compartilhando este artigo com seus amigos.

Quer mais dicas? Acesse a categoria Dicas e Tutoriais do Blog.

Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, por favor deixe seu comentário que terei o prazer de conversar com você a respeito.

Receber e-mail de outra conta no Gmail - SECNET
A seguir:

Receber e-mail de outra conta no Gmail

Receber e-mail de outra conta no Gmail